ArtigosBlog

5 dicas básicas de Marketing para pequenas empresas

Você não faz ideia por onde começar o Marketing da sua pequena empresa? Nós listamos 5 dicas básicas por onde você deve começar.

Não importa se você vende produto ou serviço, as dicas que listamos abaixo podem ser colocadas em práticas para ambos os modelos de negócios. Também estou levando em conta que você já definiu o seu público-alvo, ou seja, as pessoas para quem você quer vender e o preço final

Confira, a seguir, as dicas de marketing que selecionei para alavancar a sua empresa que está chegando ao mercado!

1 – Identidade visual, site e redes sociais

É extremamente importante que a sua empresa tenha uma identidade visual com um logotipo e uma marca própria. Para isso, procure um profissional que seja especialista no assunto e que tenha boas referências. Sua marca precisa criar sintonia com o público que você deseja atender.

Tudo bem se você não criar um site nos primeiros meses de vida da sua empresa. Geralmente eu ouço que o planejamento financeiro ficou apertado. Porém, já registre o domínio do mesmo e compre um plano de hospedagem. É muito estranho ficar enviando e recebendo e-mails através da sua conta pessoal.

Mesmo que você venda churrasquinhos na porta da faculdade, atinja um nível de profissionalismo do seu negócio para que os clientes enxerguem valor.

B2B ou B2C, não importa o seu modelo de negócios e o que você vende. Crie o perfil da sua empresa nas redes sociais, no caso do FB e LinkedIn não são perfis, mas sim fanpage e página company.

2 – Treine a sua equipe e estabeleça metas diárias.

Onde eu vou sempre escuto a mesma coisa: “André, o nosso problema é mão de obra. Não consigo contratar bons profissionais e quando contrato eles logo vão embora”.

Deixa eu te falar um negócio muito sério: O problema da mão de obra não é apenas seu, mas de milhares de empresas em todo Brasil e em diferentes nichos de mercado.

Se você não investir em bons treinamentos, retenção de talentos, criar metas diárias e discutir com a sua equipe, é certo que você terá problemas a curto e médio prazo.

Separe uma verba mensal para oferecer treinamentos de capacitação a sua equipe. Tenha um diálogo com eles quase que diário e mostre aberto a novas ideias que possam ser aplicadas dentro da empresa. Dê um prêmio para as ideias que forem aplicadas e que tenham resultados.

3 – Invista no Marketing de Conteúdo através das redes sociais

Lá no tópico um eu falei sobre criar o seu perfil nas redes sociais, certo? A partir desse momento não tem mais volta. É preciso criar conteúdo sensacional para o seu público quase que diariamente. Eu digo quase, pois para alguns negócios não é necessário.

A sua Fanpage e o seu Instagram precisam ser atrativos a ponto do cliente poder ter todas as informações por lá. Se você tem uma loja que vende roupas para mulheres, por exemplo, monte o #lookdasemana com as peças que você tem na loja. Se você é uma empresa de informática, faça vídeo-aulas com dicas de utilização para manter o computador do seu cliente conservado.

Facebook, Instagram, Pinterest, LinkedIn, Snapchat, YouTube e até o WhatsApp são canais de divulgação com muito potencial. Só tome cuidado com a linguagem que você vai adotar e com a personalização do seu conteúdo.

Muitas pequenas empresas esquecem, mas é fundamental identificar em qual rede social o seu público está e definir uma periodicidade de conteúdo a ser oferecida em cada um desses canais.

4 – Invista na fidelização e retenção do seus clientes

Você sabia que é muito mais caro adquirir um cliente, do que fidelizá-lo? Mas calma! Sua estratégia de marketing não deve apenas focar em PROMOÇÕES. Fidelizar e reter um cliente vai muito além de fazer promoções e oferecer descontos.

Fidelizar um cliente passa por diversos pontos importantes: oferecer um bom produto/serviço, comodidade e transparência na venda, surpreendê-lo com um fantástico pós-venda, deixar o mesmo dar feedbacks, oferecer uma garantia que fuja do padrão mostrando que seu produto/serviço é bom, oferecer um desconto a partir da venda número X, saber a data do seu aniversário e mandar um e-mail para ele, oferecer um abraço em datas comemorativas.

“Calma aê, André. Oferecer um abraço? Você está de sacanagem comigo, só pode.” Você acha? Então vai lá e faz e depois volte aqui e me diga o resultado.

Observo muitas empresas apostando 90% da sua estratégia de marketing para atrair clientes, mas esquecem que um cliente fidelizado poderá fazer o seu marketing através do boca-boca para centenas de outros potenciais clientes.

5 – Tenha um BANCO DE DADOS e não um BANDO DE DADOS.

Existem muitos softwares de CRM com bom preço no mercado. Também existem boas plataformas de disparos de e-mails. Cada prospect que entra na sua loja, é uma possibilidade de vender o seu produto/serviço. A partir de hoje comece a pegar o nome, e-mail e telefone desse cara.

Categorize o mesmo em listas de interesses e por e-mail comece a conversar com ele. Dispare e-mails semanalmente através da plataforma com ofertas que você sabe que ele deseja.

Se você vende almoço fit, às 09:00 e 10:30 da manhã são bons horários para conversar com esse cara. Se você é um delivery de comida japonesa e funciona a partir das 18:00, envie e-mails a partir das 16:30 para despertar o interesse.

Repita a ação através do WhatsApp. Mas por favor, só faça isso para clientes pré-cadastrados em sua base. Não saia disparando conteúdo para quem você nunca viu ou nem pisou na loja.

caderno-de-ferramentas

————————————

Bom, espero que você tenha gostado do post. Estou ansioso para receber o seu comentário aqui ou lá no Facebook. Você também pode sugerir outras dicas que você tenha feito no seu negócio e que pode ajudar outras empresas.

Compartilhe
André Damasceno

Sobre André Damasceno

© O MELHOR DO MARKETING. 2016

Entre para o nosso mundo!

Entre para o nosso mundo!

Receba conteúdos exclusivos e fantásticos.

Parabéns, você se inscreveu com sucesso.