Artigos

Quantos clientes você precisa para ser feliz?

Sempre que falamos sobre clientes, vem logo aquele pensamento trabalho x lucro, ou quanto mais, melhor. Parece automátio, tanto que esquecemos de fazer perguntas como: Opa! Eu quero mesmo fazer esse projeto? Esse é o cliente que eu gostaria de ter? Quantos desses eu preciso? Ou até quando vou ficar no fazer, fazer e fazer?

Para resolver esse problema, vamos voltar lá no começo de tudo. Pare e responda uma simples pergunta… Quantos clientes você precisa para ser feliz? E olhe que felicidade para mim é fazer o que gosta de fazer, com a qualidade que você exige, para clientes bacanas que você tem orgulho e que pagam realmente bem por toda a sua dedicação e empenho. Vamos lá… quantos? Quantos clientes?

Se você não faz a mínima ideia. Achou o problema de tudo. Mas caaaalma. A resposta é simples.

Apenas 10. Sim 10 clientes! Tudo que você precisa são 10 clientes bacanas, que ofereçam desafios a sua competência e que possam pagar pelo seu talento.

10 Clientes em 4 Passos:

Primeiro passo, quantos clientes atualmente você tem? 2 ou 50? Para mim não importa. Se você tiver 2, corra para ter 10. E o corra entenda como desconto, negócio da china ou presente mesmo. Você tem que ter 10 a qualquer custo. Do contrário, se você já possui mais do que dez… a hora é de pensar, revisar e saber quem são os 10 melhores e como conseguimos viver com eles. Essa fase é a de prospectar.

A segunda fase do negócio, chama-se, atender. Sim! Se você tem 10 clientes, faça o favor de ser o melhor para eles. Sem diferença, sem exclusão, seja, exija e garanta o melhor. Seus 10 são a sua seleção.

Para o terceiro passo, com os 10 felizes é hora de conhecer mais e mais cada um. Levante oportunidades, aumente a compra e ampliar nossa produção… A hora é de crescer. Quando clientes felizes encontram uma empresa de talento, tudo anda muito mais rápido.

Quarto passo, revisar. Imagine que você está a 6 meses com seus clientes, crescendo, melhorando e por pura sorte ainda tem a opção de 3 clientes que querem comprar de você. E agora, o que fazer? A resposta, lembre, nesse trem só entra um novo cliente, se você abrir mão de um velho. Então, você troca, se achar que vale, nada de acumular. Se não vale, esqueça.

Pronto! Tudo mais simples, não? Pare logo com essa corrida louca e vire o jogo.

Gostou? Agora sua vez. Conte deu caso, opinião, sugestão ou contribuição.

Vamos tornar isso mais interessante. Vamos conversar?

Esse artigo foi enviado por

Iuri G. Brito –  Diretor da prumos.com

Compartilhe
André Damasceno

Sobre André Damasceno

  • marcos

    meu mome é marcos atuo na area sistemas de fixação, atualmente tenho em media 200 clientes dos mais variados niveis e quando vai chegando o final dos dias de bater minha é sempre uma correria e não consigo enchergar quem são os meus 10 melhores clientes, pode me ajudar?

© O MELHOR DO MARKETING. 2016

Entre para o nosso mundo!

Entre para o nosso mundo!

Receba conteúdos exclusivos e fantásticos.

Parabéns, você se inscreveu com sucesso.